skip to Main Content
BELA VISTA FLORESTAL INTENSIFICA PRODUÇÃO DE MUDAS DE CEDRO AUSTRALIANO

BELA VISTA FLORESTAL INTENSIFICA PRODUÇÃO DE MUDAS DE CEDRO AUSTRALIANO

Na contramão da crise, a empresa está duplicando sua produção

Por: Painel Florestal

O viveiro Bela Vista Florestal já está preparado para o próximo verão. Na contramão da crise, a empresa – sediada em Campo Belo (MG), está duplicando sua produção de mudas de cedro australiano.

A iniciativa visa atender a contínua ampliação da base de clientes e os produtores que testaram os clones de cedro australiano e, satisfeitos, estão planejando plantar uma área maior.

No viveiro Bela Vista Florestal, a produção de mudas comerciais é feita por miniestaquia, processo de clonagem consagrado no setor florestal. As coletas de brotações são realizadas na única estrutura de matrizeiro da espécie no mundo.

As mudas produzidas em tubetes de 180 mm3 levam até um ano para ficar prontas para ir a campo. São cerca de 35 dias em casa de vegetação, 15 dias em casa de sombra, 180 dias em pátio de crescimento e 90 dias em pátio de rustificação.

Vista aérea do viveiro Bela Vista Florestal

Vista aérea do viveiro Bela Vista Florestal

O padrão de qualidade é rigoroso, e atende aos clientes mais exigentes. O transporte das mudas é feito em caixas plásticas próprias e caminhão, o que possibilita sua entrega em praticamente todo o território nacional.

A época ideal de plantio é o período de chuvas, o que varia um pouco entre as regiões. No sudeste, os melhores resultados acontecem quando se planta entre outubro e março. Na Bahia, a época preferida pelos produtores são os meses de abril e maio. No sul chove bem no inverno, mas quem trabalha com plantios florestais por lá prefere esperar até setembro, quando as geadas severas são menos prováveis.

Pesquisas

A Bela Vista Florestal em parceria com pesquisadores da Universidade Federal de Lavras (UFLA) está concluindo pesquisas sobre os efeitos do calor e também do déficit hídrico sobre os clones comerciais, seguindo uma tendência internacional.

O aquecimento global, com os extremos de seca e temperatura que vêm ocorrendo nos últimos anos, se tornou dor de cabeça não só para as florestas plantadas, mas para a agricultura em geral, em vários países.

As pesquisas também entraram na fase de seleção da segunda linha de cultivares (clones). Medida que envolveu novo resgate de materiais superiores, longo estudo sobre morfologia floral, coleta e armazenamento de pólen e a indução de floração para os cruzamentos controlados (indoor).

Floresta de cedro australiano com 4 anos de idade

Floresta de cedro australiano com 4 anos de idade

Esse trabalho vem se desenvolvendo há mais de dois anos, e é a base para o programa de hibridação que deve se iniciar em 2017. Depois virão as instalações de novos testes a campo e constantes avaliações.

O produtor interessado precisa conhecer suas condições de solo e clima, para se orientar sobre a adaptação do cedro australiano à sua propriedade.

A Bela Vista Florestal tem uma equipe treinada para avaliar as condições pré-plantio. Tudo baseado em análise de solos, o que gera custos mínimos para o produtor. A equipe técnica também presta assistência técnica até o momento do corte, pois tem interesse direto na compra da madeira produzida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top