skip to Main Content
Bela Vista Florestal Marca Presença Na Expoforest 2018

Bela Vista Florestal marca presença na Expoforest 2018

A Bela Vista Florestal é uma das empresas participantes da Expoforest 2018, que acontece de 11 a 13 de abril no Horto Florestal Vale Aprazível, município de Santa Rita do Passa Quatro, região de Ribeirão Preto, e recebe pessoas do Brasil e outras partes do mundo.

O diretor da Bela Vista Florestal, Ricardo Vilela, é um dos palestrantes convidados do 4º Encontro Brasileiro de Sivicultura, que será realizado no dia 10 de abril no Centro de Eventos Ribeirão Shopping, em Ribeirão Preto.

Ele falará sobre “Silvicultura, Produtividade, ILPF e Mercados do Cedro Australiano”.

Encontro Brasileiro de Silvicultura

O Encontro Brasileiro de Silvicultura acontece paralelamente a Expoforest e é o principal palco de discussões sobre o tema no Brasil.

“Reúne os maiores formadores de opinião do setor e recebe centenas de participantes. Nesta edição haverá um bloco completo sobre espécies tropicais de alto valor, no qual participo falando sobre a produtividade diferenciada, a penetração no mercado e as perspectivas da cultura do cedro australiano no país”, resume Ricardo Vilela.

Expoforest

A Expoforest – Feira Florestal Brasileira nasceu em 2008, dentro do contexto do Brasil ser referência mundial quando o assunto é floresta plantada.

Segundo o relatório da Ibá 2016, o País possui mais de 7,8 milhões de hectares de florestas plantadas de eucalipto e pinus, as mais produtivas do mundo, que abastecem as indústrias de celulose e papel, de painéis reconstituídos, de siderurgia e de produtos de madeira processada mecanicamente.

Nos últimos anos, o Brasil atraiu investimentos internacionais para o setor, abrindo novas fronteiras florestais e ganhando em escala com o aprimoramento de técnicas, usos de novas tecnologias e investimentos em pesquisas.

Esta inovação em eventos florestais da América Latina garante aos visitantes a possibilidade de ver máquinas e equipamentos em operação. Uma experiência única, que proporciona a verdadeira sensação da realidade das florestas plantadas no Brasil.

Silvicultura e Cedro Australiano

A silvicultura é uma ciência que se dedica ao estudo dos métodos naturais e artificiais de regenerar e melhorar os povoamentos florestais, compreende o estudo botânico das espécies, identificação, caracterização e prescrição da utilização das madeiras.

A madeira de cedro australiano (Toona ciliata var. ciliata) está inserida no grupo das espécies mais valiosas para a produção de matéria-prima para as indústrias moveleiras e da construção civil. Ideal para produtos que necessitam de acabamento de alto nível.

Suas principais características são: trabalhabilidade; baixa retratibilidade; estabilidade dimensional; resistência mecânica; leveza; e beleza visual.

Entre os pilares de aceitação do produto pelo mercado estão:

– origem – muitas empresas têm receio de adquirir madeira de origem ilegal;
– padrão – o produtor deve entregar a madeira dentro das características acordadas: umidade, número de defeitos e dimensões. O que ainda não é cumprido pela maioria dos fornecedores de madeira de origem nativa; e
continuidade de fornecimento – ao iniciar o uso de uma nova espécie de madeira, o empresário observa se haverá continuidade de fornecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top